Karanba adota medidas de proteção ao Coronavírus para volta às aulas e aos treinos.

Distanciamento social, uso obrigatório de máscaras e uso de álcool em gel para manter as mãos higienizadas. Essas são algumas medidas adotadas pelo Instituto Karanba para retorno às aulas e aos treinos de futebol. A ideia é minimizar os impactos da pandemia, combater a disseminação do Coronavírus e seguir o planejamento para 2021 baseado no que chamamos de "novo normal": uma rotina planejada para oferecer as atividades com segurança.

"Estabelecemos protocolos de saúde para garantir um retorno seguro, capaz de proteger os alunos e conscientizá-los sobre a importância de hábitos como o uso da máscara e a higienização das mãos. É uma fase de adaptação e desafios, mas vamos superá-la com determinação e respeito às orientações das autoridades de Saúde", pontuou Bruno Almada, coordenador da Lei de Incentivo ao Esporte.

A programação do Karanba prevê treinos de futebol, respeitando as regras de combate ao Coronavírus, para meninos e meninas desde o Sub-9 até o Sub-20, além de atividades multidisciplinares e oficinas de aprendizagem. O projeto, que funciona desde 2007, conta com patrocinadores importantes como Enel, Equinor, Statkraft e Itaú, através da Lei de Incentivo ao Esporte do Governo do Estado do Rio de Janeiro.