Nossos grandes momentos!

“Para mim é importante que o time Karanba não seja o destaque da vida das crianças. Nós trabalhamos para o desenvolvimento humano, para facilitar carreiras, e sentimos uma grande responsabilidade em encontrar a próxima oportunidade para nossos participantes.  Eu geralmente digo que o futebol é o menos importante de tudo no Karanba. No entanto, é muito importante, claro. Todos os nossos participantes sonham em se tornar jogadores de futebol. Fazemos o nosso melhor também para facilitar as melhores ofertas no esporte. Os sonhos das crianças são os meus sonhos. E o futuro delas é minha responsabilidade.”

Tommy Nilsen

Nós no Karanba estamos muito orgulhosos de nossos participantes. É inspirador ver como pessoas jovens estão cada vez mais escolhendo o ensino profissional e secundário, participam de programas de trainee com nossos parceiros, assim como são recrutados para trabalhos qualificados e bem pagos.

Marcos Karanba

2018: A consequência de um foco a longo prazo na educação e nas meninas, agora temos 35% de participação feminina no Karanba.

2017: foco prioritário no nosso programa de educação. O ensino de apoio produz bons resultados. 50% das crianças melhoram significativamente as notas da escola.

2017: 26 participantes adicionais mudam suas vidas através de ensino superior, cursos profissionalizantes profissionais, carreiras profissionais de futebol e empregos dignos.

2017: mais 3 participantes empregados como marinheiros em Solstad / Farstad.

2016: Dois ex-participantes do Karanba foram contratados pela Seleção Brasileira

2016: Nosso segundo grupo de 8 se formou como marinheiros.

2016: Karanba se desenvolve em educação e em programa de oferta de empregos com o critério de obter o máximo número possível de integrantes em empregos remunerados.

2015: Investe em novas salas de aula.

2015: Karanba foca no desenvolvimento de uma organização brasileira competente e sustentável e que constantemente prioriza a educação.

2015: Nosso primeiro participante inicia a Faculdade nos Estados Unidos.

2014: O Karanba vence o Campeonato Estadual no Rio de Janeiro pela primeira vez, com os meninos do U16.

2014: O Karanba cria sua primeira “Lei de Incentivo ao Esporte”. Projeto inclui a contratação de uma Pedagoga.

2014: Darlan estreia no time titular do Flamengo. 

2014: O Karanba recebe o evento da Fifa/Adidas “Football For Hope” com 50 projetos sociais de todo o Brasil.

2014: De uma organização internamente financiada pela Noruega, o Karanba recebe mais de 55% de seus fundos do Brasil.

2013: Karanba educa seus primeiros 5 marinheiros. Hoje o trabalho para Farstad Shipping ASA

2013: Com o time feminino, a Noruega vai para a Escandinavia e vence a Copa No1 na Dinamarca e a Copa da Noruega pela primeira vez.

2013: O Karanba recebe o apoio da FIFA/Football for Hope

2013: O Karanba recebe o apoio do Ministro das Relações Exteriores da Noruega.

2013: O Karanba recebe voluntários em tempo integral, morando em São Gonçalo, em colaboração com o Athletics Federation College da Noruega.

2013: Karanba entra no Innsamlingskontrollen

2013: O Karanba obtém novos estatutos e um conselho próprio com importantes profissionais de negócios Brasil-Noruega. 

2012: Karanba vence a Copa Dana em Hjørring

2012: Karanba é convidado em Skudeneshavn para participar do Torneio de Elite da HTF.

2012: O Karanba organiza uma visita e um amistoso em uma favela em atenção à delegação norueguesa do Rio + 20.

2012: O Karanba desenvolve seu primeiro plano de negócios e um programa especial de patrocínio.

2011: O Karanba vence todos os três campeonatos: Copa Dana, Copa Gothia e Copa Noruega.

2011: Em cooperação com Hødd, o Karanba vence o torneio de elite Copa Fjord1 em Sogndal, Noruega.

2011: O Karanba extende a faixa etária de 6 para 20 anos e começa a recrutas meninas.

2011: O Karanba desloca suas operações para São Gonçalo, uma das maiores áreas desfavorecidas do Brasil.

2011: Tommy Nilsen ganha a medalha “Orgulho Rio”, escolhido pelo jornal “O Dia” pelo seu trabalho com o Karanba.

2011: Primeiro participante no exterior: Catar

2011: O Karanba estabele acordos de patrocínio de longo prazo com empresas norueguesas: Statoil, Aker Solutions, Solstad Offshore e Farstad Shipping.

2011: Documentário sobre o Karanba: Rio Lusaka

2011: O documentário sobre o Karanba, feito pela Tellus, é indicado a duas categorias no Gullruten. 

2011: O Karanba é peça central da maior exibição de futebol do mundo: Soccerex no Rio de Janeiro.

2010: O Karanba vence a Copa Noruega e a Copa Gothia com os times masculinos.

  

2010: O Karanba se torna nacionalmente conhecido através de sua própria série de TV em oito episódios sobre o projeto.

2009: A Tellus Works e a NRK convidam o Karanba para produzir um documentário.

2008: O Karanba consegue seu primeiro patrocínio corporativo.

2008: O Karanba vence a copa Plussbank em Kristiansand e a Copa 1 na Noruega pela primeira vez.

2007: A Karanba Norway é fundada com o objetivo de levantar fundos para as atividades do Karanba.

2007: Primeira viagem do Karanba para Gol, Oslo e Copa Noruega.

2006: O Karanba é iniciado com as primeiras sessões de treinamento para crianças e jovens carentes das favelas de Copacabana, Ipanema e Leblon.